Procure neste Blog

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

A aprendizagem e as tecnologias móveis





As crianças que recorrem frequentemente às mensagens de texto de telemóvel lêem e falam melhor, pelo que os pais devem incentivar os seus filhos a enviarem SMS (Short Message Service) a fim de melhorarem as suas capacidades fono-audiológicas, conclui um estudo britânico co-financiado pela British Academy. 

Além disso, as crianças que recorrem regularmente à linguagem abreviada em SMS têm uma maior capacidade de soletrar palavras correctamente e apresentam melhores resultados em testes de fluência verbal.

Os investigadores da Universidade de Coventry analisaram um grupo de 63 crianças entre os oito e os 12 anos e verificaram que há uma relação entre a utilização de SMS e a alfabetização visto que a leitura de abreviaturas requer uma forte consciência da combinação de sons.


 
Hoje, recebemos via e-mail um artigo publicado na VII Conferência Internacional de TIC na Educação ocorrida entre os dias 12 e 13 de maio do ano de 2011 e o mesmo nos vem com o seguinte resumo:


O estudo de investigação que apresentamos foi realizado, no ano lectivo 2008/2009, em contextos de aprendizagem suportados por tecnologias móveis possuídas pelos alunos, emparticular  o  telemóvel.  Trata-se  de  um  estudo exploratório  de  cariz  qualitativo  com  opção metodológica  pelo  estudo  de  casos  múltiplos  (quatro),  mas  com  apenas  uma  unidade  de
análise. Participaram sessenta e oito alunos do ensino secundário geral e profissional, diurno e  nocturno, de duas escolas urbanas, uma pública e outra semi-privada. As  técnicas de recolha  de dados utilizadas  foram o  inquérito e a observação. Os dados  recolhidos  revelaram grande  satisfação  dos  alunos  pelas  tarefas  realizadas,  por  tornarem  o  processo  de  ensino  e  aprendizagem mais atractivo e o  reconhecimento do potencial educacional do  telemóvel para poio  às  práticas  de  estudo.  Este  estudo  pretende  ser  um  contributo  para  a  integração  de  dispositivos móveis na educação e alertar para as novas oportunidades de aprendizagem do  mobile learning.
  
O Artigo é de autoria de Ana Amélia Carvalho & Adelina Moura. E pode ser encontrado no seguinte endereço: Clique aqui

E agora a pergunta que não quer calar... 

É possível que educadores deste século, milênio, geração etc... Continuem educando com princípios de antigamente? Será que terão algum resultado positivo em suas atuações? 

Fica para nós a pergunta queridos... 



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários serão sempre bem-vindos.
Volte sempre!
Att.
Dialogo TICs

Se você ainda não possui um blog clique na opção Nome/URL para fazer teu comentário! Abraços!

TICs

Loading...