Procure neste Blog

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A Interpretação de texto e a internet

Hoje iremos complementar o post de ontem, porém, utilizaremos o relato de uma professora, que através de sua prática, nos mostra que é possível, sim, fazer o uso das tecnologias em sala de aula sem perder o foco da Educação que é a formação crítica de nossos cidadãos.
O relato abaixo é da professora  Eliana Lourenço Marques responsável pelo blog Atividades de Eliana.


 
 

Interpretar um texto, é complicado para as crianças do 4ºano do Fund I, mas pesquisar na internet sem o "Ctrl V", fica pior.

A professora pediu aos alunos que pesquisassem sobre a "Proclamação da república". Bom até ai tudo bem, pois eles encontraram vários sites que explicavam a mesma ou quase a mesma coisa.
A discussão foi: - Professora? Pode ser esse aqui? É o menor de todos!
Abrimos as questões: Vamos procurar um texto que vocês lendo possam entender com facilidade. Pesquisando, encontramos o site do Smartkids, onde os textos são de fácil entendimento.

Outra questão: E ai o que fazer? Ler? Copiar? não Ler e Entender? Depois de algumas leituras, perguntamos a alguns alunos o que eles tinham entendido. Veio a resposta: Um monte de gente, tentando fazer alguma coisa em alguns lugares.............

Vamos lá: Comecei a trabalhar com eles o parágrafo e a idéia do que é parágrafo: Pequena parte ou seção de discurso, capítulo etc. que forma sentido completo e independente. a partir daí, começamos a ler juntos cada parágrafo e discutir o que cada um tinha entendido dele, só ai é que colocamos essas idéias no papel. Ao término do texto, eles tinham o registro de toda a ideia do texto, inclusive "aquele cara", passou a ser Tiradentes. "Num lugar", passou a ser Minas Gerais.

Os alunos foram percebendo que nem tudo que se põe na internet é a verdade absoluta e o fato de fazer um trabalho pesquisado e encontrá-lo já pronto, como em muitos os casos, ele tem de ler e interiorizar esse conhecimento.
Como eu disse: Gente é como se lesse um livro impresso, a diferença é a posição do livro e o lápis é o teclado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários serão sempre bem-vindos.
Volte sempre!
Att.
Dialogo TICs

Se você ainda não possui um blog clique na opção Nome/URL para fazer teu comentário! Abraços!

TICs

Loading...